Quem cuida das nossas crianças?

12:16

Resultado de imagem para children playing
Ontem caiu uma criança na escola dos meus filhos. Um menino do 4.º ano cuja idade rondará certamente os 9/10 anos. Caiu dentro do edifício da escola, do corrimão do primeiro andar para o andar de baixo. Ficou ali, não sei se inconsciente à espera dos bombeiros. A mãe foi chamada de imediato e chegou a tempo de ir na ambulância. Esta criança, está internada nos cuidados intensivos. No caminho para casa, hoje de manhã, chorei. Chorei por este menino, chorei por esta mãe e chorei por todas as crianças no ensino que não são adequadamente vigiadas. 

Ontem, sem saber do sucedido tinha-me deslocado à escola para falar com o coordenador para me queixar justamente da falta de pessoal. Na terça feira o meu R. levou uma cabeçada tão violenta na cara que ficou com um dente a abanar, mordeu a língua deitando sangue, a ferida virou uma afta gigante que lhe afecta a alimentação e até a fala, o maxilar estava ligeiramente esfolado e a ponta a orelha tinha uma pisadura. Ninguém viu, ninguém ouviu, deve ter tido dores terríveis mas até ontem de manhã ninguém sabia de nada. Uma criança de cinco anos leva uma cabeçada com estas consequências e ninguém o viu ou ouviu chorar. 

Quem cuida das crianças afinal? Percebo que o rácio de cuidadores é de 1 auxiliar para 30 crianças na pré e aumenta para 50 na primária. Uma pessoa a vigiar 50 crianças? A sério? E consideram os nossos filhos bem entregues? Isto é normal? As crianças estão na realidade entregues a si próprias. E ainda nos dizem para ficarmos descansados, que eles estão bem cuidados. Estão mesmo? Então alguém que justifique o "acidente" do meu filho, o facto de no dia seguinte um colega lhe ter dado um murro no estômago e outro na boca (que estava ferida e dorida da cabeçada da véspera) ninguém saber de nada. Ele dizer-me que disse à educadora e a mesma a mim afirmar não saber de nada. Alguém que justifique ontem uma menina da primária ter subido a uma árvore e ter sido empurrada ficando com a cara esfolada. 

Alguém que justifique haver um menino nos cuidados intensivos do hospital por ter caído do primeiro andar. É que ninguém viu nada. Onde andam os cuidadores dos nossos filhos afinal? A vigiá-los é que não é!


You Might Also Like

2 comentários

  1. Triste realidade!
    Cabe a nós pais tomarmos medidas sérias!
    A escola é uma selva e não o deveria ser!
    Hoje, celebra-se o dia Mundial contra o Bullying e para mim, o relato que fizeste é um ato de Bullying contra crianças.
    Faz ouvir a tua voz, pelo teu filho e por todos os outros.
    Força!

    ResponderEliminar
  2. com a minha sobrinha aconteceu algo parecido. caiu ninguém sabe como nem porquê, pior, ela tem uma historico médico, um tumor raro, benigno de momento, e espero por muitos anos, esta situado na zona do olho esquerdo. a escola foi avisada para terem certos cuidados de forma a evitar pancadas na zona. chamam os bombeiros e apesar de terem uma copia do registo médico e cartas do especialista que a segue, deram uma informação completamente errada, nem sequer sabiam o que tinha...porque nem se deram ao cuidado nem de ler nem de escutar os pais. resultado, estava a ser medicada para algo que nunca teve.... com perigo de ser alérgica, felizmente não era. a minha irmã e o meu cunhado, nem queriam acreditar... ninguém viu nada porque existe falta de pessoal na escola. com tantas pessoas no desemprego podiam abrir vagas. enfim, nem sabia como acalmar a minha irmã quando contou.

    ResponderEliminar